"PORQUE EU SEI QUE O MEU REDENTOR VIVE"


sábado, 10 de novembro de 2012

A Fragrância do Conhecimento


Faz hoje 83 anos que em Aiquile, na Bolívia, nasceu o terceiro de 4 filhos de Leslie Martin e Della Johnston, onde eram missionários entre os índios.
Graduado em teologia pela Wheaton College, veio a diplomar-se como Doutor em Filosofia do Novo Testamento pela Universidade de Edimburgo, na Escócia.
Nos EUA serviu, durante cerca de um ano, como pastor interino. E, em 1957, casou-se com Patrícia, com quem tem 5 filhos.
Aceite como missionário pela Missão Baptista Conservadora, veio trabalhar em Portugal por um curto período e, em 1962, foi para São Paulo, no Brasil, onde fundou as Edições Vida Nova e leccionou na Faculdade Teológica Baptista de São Paulo.
Hoje, além de escrever (tem um vasto numero de livros de sua autoria), viaja pelo mundo, ministrando a Palavra de Deus em conferências, igrejas, seminários e faculdades de Teologia.

O meu homenageado é Russell Philip Shedd conceituado teólogo e missionário evangélico.


Palestra em Esmirna
Este homem é um mestre, cuja grande tarefa tem sido a defesa da suprema autoridade da Bíblia como Palavra de Deus.
Dono de uma lucidez e sabedoria impressionantes, a sua presença é tímida e tranquila. Quase sempre as suas respostas acerca do pensamento/atitude humana começam por “depende” porque a sua análise é profunda e sabe que nem todos estamos no Caminho, embora todos digam que têm certezas.
Apesar do reconhecimento que o mundo evangélico, intelectual e cultural tem pela sua obra e serviço, ele diz arrepender-se de: “não ter sido mais consagrado ao Senhor, de ter desperdiçado tempo... tempo a gente não recupera, perdeu, está perdido!”

Sinto-me privilegiada e orgulhosa por conhecer Shedd. Tive boas experiências com ele e, sobre tudo, aprendi muito. Na verdade, só posso estar grata ao Senhor por me permitir ter conhecido este e outros grandes homens de Deus.
Conheço, pelo menos, três pastores que abordam os trechos bíblicos (literalmente) com uma facilidade impressionante, mas Russell Shedd não tem margem de erro. Ele recita qualquer texto de cor, incluindo a referência bíblica e as passagens paralelas.


Pr. Shedd, Patrícia e eu, em Sardes
Quando viajámos pelas terras das “Sete Igrejas do Apocalipse”, onde ele ministrou os estudos bíblicos e históricos, pegou numa velha Bíblia em grego (uma das primeiras impressas) e fluiu a mensagem com tradução simultânea para que não se perdesse a essência do texto. Durante toda a viagem, nunca se escusou a responder a qualquer pergunta e ofereceu-nos um panorama mais íntimo sobre o trabalho e o exílio de João.
Aqui em Portugal, participei num seminário sobre “Exegese de I Coríntios” por ele ministrado que me trouxe perspectivas diferentes e fundamentadas acerca das cartas de Paulo e a igreja de Corinto.
Em Agosto passado, de visita ao nosso país, esteve na minha igreja (III Baptista de Lisboa) onde pregou sobre II Coríntios 2:12-17, com o título “Triunfo em Cristo”. Que refrigério e que honra ouvir um homem de Deus, com mais de 80 anos, explicar a Palavra de forma tão simples e penetrante.
Despediu-se dizendo que por certo já não voltamos a encontrar-nos devido à sua idade. Não faz mal, já valeu… e, com certeza, vamos encontrar-nos além do Jordão.

Muitas são as vezes que dou graças a Deus pelos líderes espirituais, pensadores e estudiosos das coisas celestiais, Shedd é um deles, um servo dedicado à glória de Deus, num mundo onde escasseia a dedicação à Obra.
Os seus receios não são infundados, quando diz: “Muitas igrejas desperdiçam uma boa parte das oportunidades que têm. Elas têm uma multidão de pessoas na sua frente e não estão realmente impactando estas vidas com o que a Bíblia ensina. As pessoas saem sem saber nada, ou quase nada. É importante que o ministério forme vidas para a glória de Deus.”

Agradeço-lhe a dedicação que tem à obra do nosso Deus e o mestre que é. Dou-lhe os parabéns por mais um ano entre nós!

“E graças a Deus, que sempre nos faz triunfar em Cristo, e por meio de nós manifesta em todo o lugar a fragrância do seu conhecimento.” – II Coríntios 2:14

6 comentários:

Viviana disse...

Querida Mimi

Que interessante este seu texto sobre o Dr. Russel Shedd...

Como gostei de ler!

Sabe que tenho por ele e a esposa Patricia um carinho e uma lembrança muito especial?
Eu era visita da casa deles aqui em Belas, quando nasceu o segundo filho - que até nasceu com o pé boto... recordo a talazinha que o bébé tinha no pézinho...

Sabe que ele pregou várias vezes em casa dos meus pais, em Maceira?

Parece que o estou a ver á mesa com a Bíblia aberta diante dele.

Nunca mais o vi.

Soube que esteve cá este verão mas acabei por não o ver.Que pena!

Obrigada por a partilha.

um grande abraço
Viviana

esperança disse...

Boa tarde Mimi, que tudo esteja a correr pelo melhor, consigo, com seus filhos e com seus netinhos. Comigo e com os meus, pela graça Do Senhor, tudo vai bem…

Como a Viviana, também eu gostei imenso!!!... De ler tudo o que a Mimi, como sempre tão bem escreveu. E ficar a saber mais coisas da vida do Doutor Russell Shedd, que conheci, assim como a sua linda esposa, (ela era lindíssima) há mais de 50 anos em Leiria, tinham eles só um filho ainda bebé, quando ele foi durante algum tempo, professor do Seminário de Leiria. Depois vieram viver para os arredores de Lisboa, e como a Viviana disse, ele foi várias vezes ensinar a Palavra casa dos meus pais, nos cultos que lá se faziam, já naquele tempo com bastantes pessoas.
Sei que ele se levantava pela manhã, ainda de noite para ler as Sagradas Escrituras: ele punha a Bíblia com a lombada e as capas sobre a mesa, e segurava a Bíblia entre as mãos, orava e tirava as mãos,e aonde abrisse, ele lia. Nunca vi um homem com tanto valor, tão sábio! E tão simples!...
Gostei de saber a data do seu aniversário e os anos que tem. Faço votos para que o Doutor Shedd viva pelo menos mais 17 anos, sempre com a mente sã, todos os sentidos apurados e os membros do seu corpo a funcionar…
"MUITOS PARABÉNS DOUTOR SHEDD”

Mimi, mas que privilégio!!!...Será que entendi bem? A Mimi visitou as Sete Igrejas do Apocalipse? E ouviu a palavra da boca do Doutor Shedd? Que sorte!!!!...Quem me dera ter ido também.
Beijinhos cheios de amizade


António Jesus Batalha disse...

Meu nome é António Batalha, estive a ver e ler algumas coisas de seu blog, achei-o muito bom, e espero vir aqui mais vezes. Meu desejo é que continue a fazer o seu melhor, dando-nos boas mensagens.
Tenho um blog Peregrino e servo, se desejar visitar ia deixar-me muito honrado.
Ps. Se desejar seguir meu blog será uma honra ter voce entre meus amigos virtuais,mas gostaria que não se sinta constrangido a seguir, mas faça-o apenas se desejar, decerto irei retribuir com muito prazer. Siga de forma que possa encontrar o seu blog.
Deixo a minha benção e muita paz e saúde.

Maria disse...

Queridas Viviana e Esperança, obrigada pela vossa participação.
É uma bênção passar gente desta nas nossas vidas.

Sim, Deus permitiu que eu fizesse algumas viagens (poucas), todas especiais. Nessa aí estava o Pr. Shedd como palestrante. Foi demais!

Beijos.

+++++++++++++++++++++++++++++++++++
António, obrigada pela sua visita e as suas palavras.

Irei com todo o gosto até ao seu blog. Depois deixo-lhe uma nota.

Deus o guarde!

carmen disse...

Linda homenagem!

Conheci o dr, Russel Shedd aqui, em uma igreja que pregava quando vinha a Sa~o Paulo.
Amava o seu jeito simples, claro e direto de pregar...

Maria disse...

Obrigada por ter-me visitado aqui. Creio que já a conheço dos comentários à minha comadre Viviana.

Fico contente que tenha gostado e também por ter conhecido o Pr. Shedd.

Deus a abençoe!